Top

Mulher é presa suspeita de torturar filho de 3 anos, em Querência do Norte

Uma mulher, de 26 anos, foi presa suspeita de torturar o filho de três anos, em Querência do Norte, no noroeste do Paraná. A Polícia Civil foi chamada após uma denúncia. Em um vídeo, é possível ver que a mãe bate no rosto, na cabeça e em várias partes do corpo da criança com um chinelo. O material original foi apreendido e incluído no inquérito. Além disso, fotos feitas pelo conselho Tutelar mostram que o menino possui machucados e cicatrizes no corpo.

Em depoimento à polícia, a mulher tentou justificar as agressões, dizendo que o “menino é um pouco teimoso” e que estava nervosa, porque está tentando parar de fumar.

A mulher teve a prisão temporária convertida em prisão preventiva, nesta sexta-feira (9), pelo juiz Leonardo Aleksander Ferraz Sforza, da Vara Criminal de Loanda. O delegado Dimitri Monteiro afirma que ela deverá responder por prática de tortura.

A criança foi levada para um abrigo da cidade, enquanto o Conselho Tutelar tenta localizar o pai ou algum outro familiar.

Fonte: G1

Faça um Comentário